Como ocorre a correção do crédito contemplado?

28 de junho de 2019 / blog

Como ocorre a correção do crédito contemplado?

Consórcios garantem que, independentemente de ser contemplado no primeiro ou último mês, o consorciado tenha o poder de compra garantido. Para que esse poder de compra seja assegurado, no entanto, é essencial que o valor mensal seja reajustado de acordo com o mercado.

 

Conseguir adquirir o bem ou serviço pretendido sem taxas e juros é o que faz essa modalidade de investimento valer a pena. Por isso, no momento de receber a carta de crédito contemplada, o valor é corrigido. Muitas vezes, a correção acaba gerando um valor que não é totalmente utilizado na aquisição.

 

Saiba como acontece a correção de crédito no consórcio e o que ocorre com o valor que sobra após a aquisição.

 

Correção de crédito do consórcio contemplado: entenda

 

A correção do crédito é a única forma de garantir que o poder de compra seja mantido no consórcio contemplado. Ao entrar em um consórcio, você já sabe exatamente qual o bem que deseja adquirir. Assim, mesmo que, em decorrência da economia do país, ele mude de valor, não é preciso escolher outro bem para aquisição.

 

Existem diversos possíveis critérios aplicados pelas administradoras para correção do crédito do consórcio contemplado. Aquele que será usado é o que se encontra registrado no contrato de adesão. Uma vez que a contemplação acontece o crédito não é mais atualizado com o dos demais participantes, mas continua tendo rendimento.

 

É importante destacar que, aqui, estamos falando de uma correção após a contemplação. O consorciado pode utilizar o valor quando quiser até o fim do consórcio, mas a administradora tem 3 dias úteis para disponibilizá-lo. A correção é aplicada a todos os consorciados, enquanto o rendimento é aplicado somente aos consórcios contemplados.

 

Como ocorre a correção do crédito contemplado

 

Assim, mesmo que seu dinheiro não faça mais parte do fundo comum, ele não ficará congelado. A administradora também determina em contrato qual será a aplicação para rendimento do crédito contemplado.

 

Fui contemplado: por que não recebo correções?

 

O valor das contemplações mensais é resultado da contribuição dos participantes. Com a mudança do valor em decorrência da correção, o valor mensal da contribuição também muda. Essa é a única forma de garantir que o poder de compra seja dado a todos.

 

Mesmo que você já tenha sido contemplado e não receba a correção, pagará o valor diferenciado que os demais estão pagando. Assim, continua ajudando para que os demais participantes do grupo de consórcio possam ter a carta de crédito contemplada.

 

É importante entender que não utilizar a carta de crédito contemplada no momento em que é liberada é uma escolha sua. Por isso, não há justificativa para continuar recebendo a correção, ou nenhum contemplado a utilizaria, ficaria esperando valores mais altos.

 

Para entender melhor a atualização de parcelas, veja o post no blog.

 

Aplicações financeiras em grupos de consórcio

 

Existem duas possibilidades de aplicação financeira para o grupo de consórcio permitidas pelo Banco Central. Ao contrário do que muitos pensam, não é a administradora quem escolhe entre elas, mas os próprios consorciados. A análise e escolha é feita na primeira Assembleia Geral Ordinária. Veja as possibilidades:

 

  • Títulos públicos federais registrados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), incluindo operações compromissadas;

 

  • Fundos de investimento e fundos de investimento em cotas de fundos de investimento constituídos sob a forma de condomínio aberto, que sejam classificados como de Renda Fixa e que incluam na sua denominação os sufixos Curto Prazo, Referenciado ou Simples, nos termos da regulamentação editada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

 

Se você já foi contemplado e não utilizou o crédito, ou se adquiriu uma cota contemplada, solicite a ata da primeira Assembleia Geral Ordinária junto à administradora de seu consórcio para descobrir qual o fundo de investimentos utilizado.

Mais Dicas Pra Você

Consórcio: como funciona?

Consórcio: como funciona?

Consórcios são uma das maneiras mais buscadas de conquistar bens e serviços. Casa própria, carro na garagem, viagem dos sonhos, esses são apenas alguns objetivos que levam pessoas a buscar por eles. Conheça o consórcio e saiba como ele pode te ajudar a adquirir bens e serviços de maneira simples e acessível.

Consórcios: como participar?

Consórcios: como participar?

Consórcios são, hoje, uma das principais formas de adquirir bens e serviços, ampliando patrimônios e realizando desejos com flexibilidade. Por meio de um grupo de consórcio, é possível parcelar integralmente um bem, servindo como uma poupança para compra. Descubra o que é necessário para fazer parte de um grupo de consórcio.

O que é a carta de crédito?

O que é a carta de crédito?

Consórcios funcionam com base em pagamentos de parcelas e são a maneira mais simples de adquirir bens e serviços atualmente. Com a contemplação, o consorciado passa a ter acesso à carta de crédito. Mas o que é ela, exatamente? Veja aqui tudo o que precisa saber.

Como o consórcio contemplado pode ser utilizado?

Como o consórcio contemplado pode ser utilizado?

Muitas pessoas não buscam por consórcio por não saberem, exatamente, que tipo de aquisições podem ser feitas com eles. Conheça os tipos de consórcio existente e saiba qual buscar para adquirir o que você deseja.

Consórcio contemplado: como comprar?

Consórcio contemplado: como comprar?

Se participar de um consórcio já é lucrativo para os consorciados, a compra de cotas já contempladas pode ser uma oportunidade única. A compra de cartas de crédito contempladas é uma opção ainda melhor. Oferece todos os benefícios de um consórcio, mas com o valor já disponível para uso.

Contemplado São Paulo © 2011 - 2021 | Marketing Digital por SunsetWeb

Fale com nosso atendimento

Clique para chamar no WhatsApp